Treinamento Funcional Emagrece e Tonifica o Corpo

Treinamento funcional emagrece e tonifica o corpo. 

Durante sessão de uma hora é possível gastar 800 calorias, bem mais que em uma corrida

Composto por movimentos que trabalham toda a musculatura do corpo, o treinamento funcional emagrece e tonifica o corpo. Em apenas uma hora de treino é possível gastar até 800 calorias, valor maior que o gasto em uma hora de corrida.

O treinamento funcional também é uma alternativa para quem está cansado de ficar horas e horas na academia, repetindo sempre os mesmos exercícios e o pior, sem resultados. O treinamento funcional é diferente dos exercícios convencionais porque imita os movimentos do corpo, fazendo com que toda musculatura seja trabalhada e com isso o gasto calórico é maior.

De acordo com o educador físico, esse método de treinamento utiliza o peso do corpo como principal equipamento, além de alguns acessórios como bolas, elásticos, pranchas, cordas, halteres, entre outros, que ajudam na realização dos movimentos. Usamos a bola para realização de abdominais e também para o agachamento.

Outra vantagem do treino do treino funcional é o número amplo de diferentes exercícios, o que serve para estimular o praticante a não abandonar as aulas. É um treino dinâmico, sem monotonia e você consegue otimizar o treino, diferente da musculação normal”, destaca o especialista em treino funcional.

Além de fortalecer a musculatura do corpo e mandar embora as gordurinhas indesejadas, o treinamento funcional traz outros benefícios como a melhora na habilidade para realizar os movimentos cotidianos como empurrar, agachar e ainda previne lesões musculares. O praticante vai perder gordura, fortalecer o corpo e também ter melhoras no funcionamento do sistema cardiorrespiratório.

Veja alguns exemplos de treinamento funcional

Prancha 4 apoios: fortalece a região do abdômen. Para fazer, deite de barriga para baixo, com os cotovelos e as pontas dos pés apoiados no chão. Eleve o tronco até alinhá-lo completamente.

Fortalecimento do quadril: fique em pé com as pernas estendidas e afastadas na linha dos ombros. Prenda o elástico em volta do pé direito, pise sobre ele com o esquerdo e segure a alça da outra extremidade com a mão direita apoiada no quadril. Leve a perna direita para trás, esticando o elástico e contraindo o glúteo. No final da série, inverta o lado.

Corda naval: a corda naval ajuda gastar calorias. Com os pés afastados na base do quadril e tronco, com os joelhos levemente flexionados e a coluna ereta, segure as extremidades da corda com ambas às mãos. Mantenha a posição e inicie o exercício ondulando a corda, no eixo horizontal, paralelo ao solo, com movimentos de balanço para fora e para dentro.

Agachamento no bosu: fortalece a perna e os glúteos. Em pé sobre o bosu, posicione os pés paralelos abertos na linha dos quadris e os joelhos semiflexionados. Vá agachando e projetando os quadris para trás até os joelhos atingirem o ângulo de 90 graus, sem que ultrapassem a ponta dos pés.

Caminhada com afundo: boa para pernas e glúteos. Caminhe dando passos grandes para frente, flexionando os joelhos até que o de trás encoste no chão. Alterne as pernas contando até chegar em 16 passadas (oito de cada lado). Você pode adicionar peso, segurando uma barra fixa sobre os ombros.

FIT BODY PILATES - Clínica de Limpeza de Pele e Tratamentos Estéticos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *