Microvarizes podem ser tratadas por meio da Escleroterapia

Microvarizes podem ser tratadas por meio da Escleroterapia. Aplicação é feita no consultório e a paciente pode voltar a rotina no mesmo dia

Cerca de 80% das mulheres, em algum momento da vida irão desenvolver as microvarizes, algumas se queixam do problema já na adolescência.  No corpo, as microvarizes aparecem fininhas, como um fio de cabelo e formam ramificações de cor avermelhadas ou arroxeadas que costumam surgir nas pernas, mas também podem ser comuns nos pés, na face, no abdômen, nas costas e nos seios.

Não se sabe exatamente porque algumas pessoas têm e outras não. Mas alguns fatores predispõem ao problema, como obesidade, traumas, ficar muito tempo na mesma posição, gravidez e uso do anticoncepcional.

Mesmo o desconforto sendo pequeno, no caso de microvarizes, o incômodo maior fica pela questão estética. Muitas mulheres deixam de usar uma determinada roupa para que as pernas não fiquem à mostra.

Por isso, antes mesmo do verão começar, tem aumentado o número de pacientes que buscam pela escleroterapia.

O tratamento é conhecido também como aplicação de vasinhos e indicado para eliminar de vez o desconforto. Apesar de a técnica ser bem simples ela é muito eficiência no resultado. Através de uma agulha fina injetamos uma solução específica que contraí e fecha o vaso, levando a sua destruição.

A substância injetada é diluída no sangue e eliminada pelo organismo, sem causar nenhum efeito colateral.

Cada aplicação demora entre 15 a 30 minutos e como o desconforto é mínimo não é nem preciso de anestesia. Em até 15 dias a pele atinge o resultado final, sem nenhum hematoma. Mas geralmente são necessárias de duas a cinco sessões, com intervalos de 15 a 30 dias entre elas para eliminar todas as microvarizes.

Quanto aos cuidados pós-aplicação eles são mínimos e se restringem apenas a evitar atividade física por até 48 horas e também nesse mesmo período não tomar sol.

FIT BODY PILATES - Clínica de Limpeza de Pele e Tratamentos Estéticos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *