Mancha Facial

Mancha no Rosto: Trate com o Peeling Químico

O Peeling de Ácido Retinóico é utilizado para tratamento de fotoenvelhecimento, acne, manchas e alterações de superfície da pele, acelera o processo de renovação e estimula a produção e reorganização do colágeno que é a substância responsável pela sua firmeza.

O Peeling é uma das técnicas de clareamento da pele, sendo um procedimento de medicina estética capaz de promover a renovação celular, de forma progressiva, estimulando a regeneração natural dos tecidos.

Uma boa opção para quem possui manchas na pele é fazer o peeling químico com ácido retinóico, esse tratamento estético corrige marcas, manchas, cicatrizes e lesões do envelhecimento, melhorando a aparência da pele.

O peeling faz com que a camada superficial, média ou profunda da pele descame, através da aplicação de produtos na pele, ocorrendo a eliminação das células mortas e surgindo uma nova pele mais saudável, novinha, livre de manchas e de rugas.

Aplicação de substâncias químicas ácidas sobre a pele, com o objetivo de remover as camadas externas da pele e estimular a renovação celular.

O peeling químico é uma técnica usada para melhorar a aparência da pele. Uma solução química é aplicada na pele, provocando a sua separação, descamação e o surgimento de uma nova pele mais lisa e menos enrugada que a pele antiga. E ela ainda pode ser igualada na cor.

O peeling químico é usado para tratar rugas finas, especialmente debaixo dos olhos e em volta da boca. As rugas causadas pelo sol, idade e fatores hereditários podem ser reduzidas ou mesmo eliminadas por este procedimento. As depressões, saliências e rugas mais profundas não respondem ao peeling e podem necessitar de outros procedimentos cosméticos ou cirúrgicos. Um dermatologista pode ajudar a determinar o tipo de tratamento mais apropriado para cada caso.

Cicatrizes leves e certo tipos de acne também podem ser tratadas com o peeling químico. Além disso, a pigmentação da pele na forma de:
· manchas de sol;
· manchas por causa da idade;
· manchas por causa do fígado;
· sardas;
· manchas por causa da pílula anticoncepcional;
· pele sem brilho e sem textura

podem ser beneficiadas com o peeling químico. As áreas da pele que foram danificadas pelo sol e lesões escamantes também melhoram após este peeling. Filtros e bloqueadores solar devem ser usados para diminuir as chances do reaparecimento das lesões.
Face, pescoço, peito, mãos e pernas podem receber o peeling químico, que pode ser superficial, médio ou profundo, dependendo do estado da pele. Como regra, quanto mais profundo for o peeling, maior será o tempo de recuperação.

Antes do tratamento, as instruções podem incluir o desuso de certos medicamentos e a preparação da pele com cremes pré-condicionadores.
Um peeling químico é realizado normalmente no consultório do dermatologista. A pele é limpa com um agente que remove os excessos de óleo e os olhos e o cabelo são protegidos. Uma ou mais soluções químicas como ácido glicólico, ácido tricloroacético, ácido salicílico, ácido láctico ou ácido carbólico (fenol) são usados. O dermatologista sugerirá qual agente descamante é apropriado para você. A escolha é baseada no tipo de dano que a pele apresenta e no resultado desejado.

Durante o peeling químico, o médico aplica a solução nas várias áreas que serão tratadas. Estas aplicações descamam as camadas da pele, fazendo com que uma pele rejuvenescida apareça.

FIT BODY PILATES - Clínica de Limpeza de Pele e Tratamentos Estéticos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *